Níveis de relacionamento – 5 opções que você precisa saber

níveis de relacionamento

Níveis de Relacionamento

Antes de falar dos cinco níveis de relacionamento é importante observar o quanto somos fortes e o quanto já somos vencedores.

Antes mesmo de nascermos já travávamos uma intensa batalha em que ouso dizer, até desleal. Por que desleal? Imagine você travando uma guerra em que apenas uma pessoa sairá vencedora? Seria relativamente fácil se fossem apenas uns 10 oponentes, mas essa batalha que você travou foi contra 300 milhões de inimigos onde apenas uma pessoa sairia viva dela. Fomos escolhidos dentre milhões de espermas para fazer a diferença e ninguém nasceu sem propósito ou sem a permissão de Deus. Veja também: Cristãos podem adotar métodos anticoncepcionais?

Não importa se você foi gerado em uma aventura de sua mãe ou de seu pai ou em um momento de descuido no qual você não tenha sido planejado ou até mesmo por um ato brutal de abuso sexual, cada um de nós nasceu para cumprir um propósito no reino de Deus. Jeremias 1:5 diz: “Antes que você fosse formado no ventre te conheci, e antes que saísse da madre, te santifiquei”… O que? Você me está dizendo que Deus permitiu que minha mãe fosse abusada? Não meu querido, estou dizendo que Jesus te ama pelo que você é e não é por que você talvez tenha sido gerado em um ato brutal como este que você não possa ter parte no reino de Deus ou que você tenha menos valor do que outra pessoa.

O que é um relacionamento?

O relacionamento é o ato de se relacionar com uma ou mais pessoas e quando se trata de níveis de relacionamento entre os homens a Bíblia fala que nem a presença de Deus supre isso. Isso mesmo! Em Gênesis 2:18 Deus viu que não era bom que o homem estivesse só e então criou a mulher. No início de tudo vimos que Deus via como muito importante o “se relacionar” e que nenhum de nós seria autossuficiente. É importante observarmos os detalhes, como por exemplo que Deus se encontrava com Adão todos os dias. Deus poderia pensar que Adão não precisaria de mais ninguém mas Ele sabia da importância e do quanto era bom se relacionar, pois Ele quis que o homem se relacionasse e multiplicasse essa ideia maravilhosa de se relacionar por toda a terra. Veja também sobre Namoro Cristão

Relacionamento Vertical

Os níveis de relacionamento verticais são tratados na esfera espiritual e é a comunhão direta com Deus, é o relacionamento que se dá no momento em que você dobra os joelhos em oração para buscar mais intimidade com o Pai: “Amarás, pois, ao Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todo o teu entendimento, e de todas as tuas forças; este é o primeiro mandamento.” (Marcos 12:30)

Relacionamento horizontal

Os níveis de relacionamento horizontais são tratados com o seu próximo, com sua família, na sua igreja e/ou em seu trabalho e onde estiver esse relacionamento pode e deve acontecer. “E o segundo, semelhante a este, é: Amarás o teu próximo como a ti mesmo. Não há outro mandamento maior do que estes.” (Marcos 12:30-31). Veja também sobre Amizade Cristã

Não existe autossuficiência

Autossuficiência significa se contentar excessivamente consigo mesmo, ser orgulhoso, petulante. Os níveis de relacionamento onde o orgulho se destaca acabam se tornando uma arma muito forte para te lançar em um profundo abismo de solidão e morte. Vejamos o caso de Judas que ao trair Jesus por trinta moedas e não ter um relacionamento sério com Jesus e nem tão pouco com os onze discípulos, foi tentado por satanás e se suicidou. Se Judas tivesse verdadeiramente Jesus em seu coração e tivesse procurado buscar intimidade se relacionando com os outros discípulos, ele provavelmente teria buscado ajuda e pedido perdão pelo seu ato, certamente tanto os outros discípulos quanto o próprio Jesus o teriam perdoado. Mas Judas preferiu viver na escuridão de seu orgulho e o medo tomou conta de seu coração.

Por isso ninguém pode dizer que vive sem relacionamento. Todos nós precisamos nos relacionar. Você precisa de alguém que te ajude em um momento de dor, você precisa de alguém que já tenha sofrido a dor de uma perda para te ajudar a passar por isso quando essa hora chegar, você precisa de pessoas com experiências distintas para que juntos possam aprender.

Não existe autossuficiência como um super herói nos passa nos desenhos e filmes, Deus permite a fraqueza para enxergarmos a dor e poder sermos ajudados e ajudar ao próximo.

Jesus poderia ser autossuficiente, mas não foi

Quem acha que Jesus poderia salvar toda a humanidade e perdoar todos os pecados sem a ajuda de ninguém? Absoluta certeza que você diria que Ele conseguiria e poderia fazer isso. Por que Jesus escolheria para andar com Ele pessoas como Pedro ou ainda pior, Judas. Jesus precisava ensinar e mostrar que todos teriam que ter um relacionamento vertical com Ele e horizontal com os outros e por isso escolheu não os discípulos perfeitos e saudáveis, mas discípulos com caráter difícil, doentes e falhos em vários aspectos.

Entendendo os 5 níveis de relacionamento

– 1° nível de relacionamento – 1×1 O Discípulo do amor

A bíblia nos ensina e nos dá o modelo de discipulado que devemos ter para com os outros, e discipular com amor é a melhor das maneiras mas nem por isso é a única que podemos seguir. João 13:23 “Ora, um de seus discípulos, aquele a quem Jesus amava, estava reclinado no peito de Jesus”. Posso imaginar e quero que você também viaje na ideia de que João neste momento estava compartilhando sua vida, suas dores, suas expectativas com Jesus e ouvindo seus ensinamentos e sendo discipulado com todo o amor de Jesus. Esse nível de discipulado é fantástico e fala de um relacionamento de confiança e entrega.

Muitos de nós não acreditamos em amizades verdadeiras e fieis em que possamos confiar. O mundo prega que não existe mais este tipo de relacionamento.  Não importa se o diabo ou a “sogra dele”  te disse que você não pode dar certo, que você não consegue se relacionar (como disse meu amado pastor Daniel Zimmerman). Você e eu somos muito melhores do que tudo isso. Não deixe o diabo soprar o vento do desespero e da solidão em seus ouvidos. Você pode e deve fazer amizades sadias e verdadeiras para que possa se abrir e deixar ser ajudado por alguém de confiança.

– 2°  nível de relacionamento foi com os Três. Pedro, Thiago e João

Neste nível de relacionamento, vemos Jesus levando para o monte aqueles discípulos a quem Ele tinha mais liberdade e eram mais abertos a aprender e a ouvir. “Seis dias depois, tomou Jesus consigo a Pedro, e a Tiago, e a João, seu irmão, e os conduziu em particular a um alto monte,” Mateus 17:1. Conseguimos então notar aqui e trazer para nossas vidas que quanto mais intimidade buscarmos ter com nosso discipulador e mais nos abrirmos com ele, mais podemos nos achegar a Deus.

– 3° nível de relacionamento foi com os 12 discípulos

Para que o evangelho fosse pregado por toda a terra Jesus treinou 12 discípulos, doze pessoas para anunciar a Sua palavra por todos os cantos e fazer novos discípulos seguidores de Jesus. Mais uma vez eu ressalto que estes homens não eram filhinhos de papais nem tampouco pessoas certinhas ou “santinhas” e integras de caráter no meio em que viviam, eram pessoas que precisariam ser tratadas e enfrentar a si mesmos para conseguir ser vitoriosos. “E, quando já era dia, chamou a si os seus discípulos, e escolheu doze deles, a quem também deu o nome de apóstolos: Simão, ao qual também chamou Pedro, e André, seu irmão; Tiago e João; Filipe e Bartolomeu; Mateus e Tomé; Tiago, filho de Alfeu, e Simão, chamado Zelote; E Judas, irmão de Tiago, e Judas Iscariotes, que foi o traidor.” Lucas 6:13-16

4° nível de relacionamento foi com os 70

Em (Lucas 10:1) Jesus chamou outros 70 discípulos e os enviou de dois em dois para ir a frente nas cidades onde Jesus iria passar, e voltando eles já no versículo 17 diz que voltaram com muita alegria e dizendo que até os demônios os sujeitavam. Notamos então que ouve uma real aceitação de Jesus e aceitaram o chamado para levar a palavra por onde fossem naquele momento. No entanto, mais a frente quando Jesus ensinava na sinagoga em Cafarnaum em (João 6:59) Jesus disse a eles que quem não comesse do seu corpo e do seu sangue não teriam comunhão com Ele e nem parte com Ele, então os discípulos que se encontravam ali acharam aquilo um absurdo e palavras muito duras (Jo 6:60) e desde então muitos dos 70 discípulos deixaram de andar com Jesus (Jo 6:66). Jesus imagino eu já meio que entristecido daqueles discípulos terem o deixado pergunta na mesma hora aos 12 discípulos se eles também queriam ir embora, (Jo 6:67) e de imediato Pedro diz “para quem iremos nós? Tu tens as palavras da vida eterna”.

Então meus queridos vemos que os 70 permaneceram por um tempo firmes fazendo a obra do Senhor, mas no momento em que são confrontados para terem um compromisso mais sério com Jesus, eles caem fora, sendo assim diferentes do primeiro, segundo e terceiro níveis de relacionamento onde isso não acontece.

O 5° e último nível é a multidão

A maioria das igrejas deste século tem formado consumidores, massageando o ego e pregando carros, casas e dinheiro.  Os cultos mais cheios e lotados hoje em dia são aqueles que são pregados a cura e a libertação. Pessoas que só estão atrás de benção mas na ora de assumir um compromisso com a palavra de Deus, caem fora e negam Jesus, negam o chamado de Jesus para suas vidas negam assim como os 70 negaram um comprometimento mais sério com Deus.

Temos que caminhar juntos e sair fora da multidão e dos 70 que não querem compromisso com nada. Temos que tirar um tempo para ouvir e para falar do amor de Deus para com os outros.

 Qual o nível que nos encontramos como discipuladores e como membros do corpo de Cristo?

Se fosse nos dias de hoje o primeiro Whatzap que João mandaria seria pra Jesus, se João fosse fazer um churrasco em sua casa o primeiro de sua lista de contato seria Jesus “e certamente iriam o colocar próximo do vinho” brincadeira, com certeza ia estar em uma posição de honra. Quem você tem colocado em primeiro lugar em sua lista de contato? Pessoas que não vão somar nada em sua vida ou pessoas de qualidade e que podem ser benção pra você.

Como você diz querer se relacionar com alguém na igreja ou em qualquer outro lugar se quando acaba o culto você sai correndo para o carro e nem olha para traz; fecha o vidro e sai correndo para evitar que um irmão ou pastor chegue até você apenas para o cumprimentar.

Temos que nos relacionar, temos que abrir a porta do nosso coração e da nossa casa para que a obra de Deus se realize em nossas vidas.  Um evangelho verdadeiro é plantado e regado com amor, com cuidado e com zelo. Quais níveis de relacionamento você quer ter? Saiba mais Como Agradar a Deus

Print Friendly

Comentários

comentários

3 Comentários

    • Bom Girlene, agradeço pelo comentário mas te garanto que se existir um estudo como este com certeza não é este a cópia e assim como vc fez a gentileza de me alertar gostaria que fizesse assim também com a cópia não autorizada que encontrou. Com certeza seria muito honesto.

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.


*