Mulher submissa ao marido e não escrava

Como é visto a mulher submissa hoje

Grandes abusos acontecem com a palavra submissão pela falta de entendimento da bíblia que orienta a respeito da mulher ser submissa ao seu marido. Alguns maridos abusam do sentido da palavra para submeter suas esposas a humilhações e à “escravidão”. Já ouvi relatos de maridos “cristãos” que faziam até exigências sexuais às suas esposas, contra a vontade delas sob a alegação de que elas devem obediência total a eles segundo está na Bíblia. Existem mulheres por sua vez que simplesmente ignoram a ordem bíblica, ou mesmo preferem nem conhecer seu real significado, não dando a mínima importância para essa tal “submissão”, que parece mais algo machista que algum homem colocou na Bíblia.


O fato das mulheres terem adquirido mais espaço e de quererem cada dia mais estar de igual para igual com os homens, tem um grande peso para essa posição de não querer e não aceitar ser submissa ao marido.

mulher submissaA verdade é que para os cristãos nenhuma ordem bíblica é prejudicial se obedecidas de acordo com seu real significado e não, entendidas de acordo como o “seu eu” querer. Então se ambos conhecerem o real significado dessa expressão e colocá-la em prática, será de grande bênção para o casal e para a família. Vamos ver o que significa a mulher ser submissa ao marido:

Me prova na bíblia!
Vários versículos na Bíblia falam sobre essa submissão (1Pe 3.1; 1 Pe 3.5; Cl 3.18; Ef 5.22; Ef 5.24). Veja este versículo: “Como, porém, a igreja está sujeita a Cristo, assim também as mulheres sejam em tudo submissas ao seu marido.” (Efésios 5.24).
 
A comparação entre a submissão da igreja a Cristo e a submissão da mulher ao marido é a melhor forma de explicar o que realmente significa essa submissão. Será que é algo amargo como igreja de Deus, estarmos submissos à vontade Dele? Quando fazemos algo para Deus, não fazemos por amor, pela presença maravilhosa e pelo bem estar que sentimos em agradar a Cristo? Não é maravilhoso sentir o amor de Deus fluindo em nossas vidas ao andar lado a lado com Ele?

Mas e meu marido?
O marido, assim como Cristo diante de Sua igreja, deve ser o sacerdote do lar. Deve ser amável, atencioso, respeitoso,  protetor, sustentador, conselheiro e principalmente abençoador com sua submissa esposa andando lado a lado. “A mulher foi feita da costela do homem, não dos pés para ser pisada, nem da cabeça para ser superior, mas sim do lado para ser igual, debaixo do braço para ser protegida e do lado do coração para ser amada.” Qualquer atitude violenta ou fora destes padrões, não cabem na vida que Deus quer para nós. A Bíblia diz aos maridos: “Maridos, amai vossa mulher, como também Cristo amou a igreja e a si mesmo se entregou por ela” (Efésios 5.25). A pergunta que fica é: Qual esposa não se sentirá grandemente amada e espontaneamente queira ser submissa a um marido que a ama como Cristo amou a igreja e a si mesmo se entregou por ela? Esse é o segredo da submissão bem sucedida!

Submissão da mulher e posição de liderança do marido
A esposa deve assim como a igreja se submete a Jesus, se submeter à liderança do marido dentro do lar, cumprindo o propósito e a vontade de Deus que está tão bem especificado em Gênesis 2.18: “Disse mais o SENHOR Deus: Não é bom que o homem esteja só; far-lhe-ei uma auxiliadora que lhe seja idônea.”. A esposa deve ser uma auxiliadora e não uma escrava, cooperando com a liderança e o sacerdócio de seu marido para a edificação mutua do lar. Isso não faz da esposa maior nem menor que seu marido, pois ambos foram feitos à imagem e semelhança de Deus (Gn 1.27) para andarem lado-a-lado.
 
É frequente vermos dentro das igrejas, mulheres que pedem aconselhamento a respeito da liderança do esposo, que não se posiciona como sacerdote e líder do lar. Muitos homens tem agido de forma passiva no relacionamento, deixando na maioria das vezes a mulher correr atrás das coisas e tomar as decisões mais importantes da casa. A submissão da esposa é uma realidade abençoada para o bom andamento do relacionamento e do lar, mas  para isso precisa também de um posicionamento e comprometimento firme do marido no direcionamento do casamento. O termo não sugere uma relação de obediência cega e à força, mas de boa vontade, voluntariamente e para um bem comum do casal.
 
Assim, a submissão bíblica da mulher nada tem a ver com se inferiorizar e nem com o homem ser o “O cara” no relacionamento, tratando sua esposa de qualquer maneira como um objeto ou uma marionete. Antes, significa dar e receber, amar e ser amado ou simplesmente estarem prontos para atender um ao outro em amor e humildade; cada um em seu papel para um bem comum, que é a edificação do lar e de cada um em amor. Dessa forma, estejamos desafiados na aplicação bíblica da submissão para o casamento:
 

“Esposas, sede submissas ao próprio marido, como convém no Senhor. Maridos, amai vossa esposa e não a trateis com amargura.” (Colossenses 3.18-19)

 
Print Friendly, PDF & Email

Comentários

comentários

23 Comentários

  1. para isto acontecer tem que atualizar a Bíblia novamente, para um linguagem mais simples onde o povo possa entender com mais facilidade as escrituras pois a maioria do povo não tem estudo e educação e o que mata é ignorante e a má vontade do povo!

  2. para isto acontecer tem que atualizar a Bíblia novamente, para um linguagem mais simples onde o povo possa entender com mais facilidade as escrituras pois a maioria do povo não tem estudo e educação e o que mata é ignorante e a má vontade do povo!

  3. para isto acontecer tem que atualizar a Bíblia novamente, para um linguagem mais simples onde o povo possa entender com mais facilidade as escrituras pois a maioria do povo não tem estudo e educação e o que mata é ignorante e a má vontade do povo!

  4. para isto acontecer tem que atualizar a Bíblia novamente, para um linguagem mais simples onde o povo possa entender com mais facilidade as escrituras pois a maioria do povo não tem estudo e educação e o que mata é ignorante e a má vontade do povo!

  5. para isto acontecer tem que atualizar a Bíblia novamente, para um linguagem mais simples onde o povo possa entender com mais facilidade as escrituras pois a maioria do povo não tem estudo e educação e o que mata é ignorante e a má vontade do povo!

  6. para isto acontecer tem que atualizar a Bíblia novamente, para um linguagem mais simples onde o povo possa entender com mais facilidade as escrituras pois a maioria do povo não tem estudo e educação e o que mata é ignorante e a má vontade do povo!

  7. para isto acontecer tem que atualizar a Bíblia novamente, para um linguagem mais simples onde o povo possa entender com mais facilidade as escrituras pois a maioria do povo não tem estudo e educação e o que mata é ignorante e a má vontade do povo!

  8. A Bíblia não pode ser atualizada, pois é palavra de Deus. O povo é que tem o dever de se atualizar à bíblia. Até concordo com o que esta acontecendo, pois ha a operação do erro, se não for assim não se cumpriria o que esta escrito. Amem.

  9. Marcele França
    em

    Deus disse: Mulher Auxiliadora. Paulo Disse: Mulher Submissa. Sou Auxiliadora, para isso Deus me chamou no ministério na vida do meu esposo.

    E disse o Senhor Deus: "Não é bom que o homem esteja só; far-lhe-ei uma ajudadora (auxiliadora), idônea para ele…" (Gn. 02:18).

    Que palavra linda que Deus definiu a mulher.

  10. Ninguém é submisso a ninguém, independente do sexo, da raça, da opção sexual, do credo etc.
    A mulher nunca foi e nunca será submissa ao homem.
    Nós somos iguais. Desejo a nós um mundo sem sexistas, racistas e homofóbicos, é isto o que nós realmente precisamos.

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.


*